11 de jul de 2011

5 Curiosidades sobre cada Maverick Campeão

0 comentários


Saiba cada curiosidede dos jogadores, técnico e propietário do Dallas Mavericks.

SHAWN MARION  #0, Ala
Ele é sem dúvida o mais bem vestido do time, e combina tudo inclusive as meias.
Kenny Smith, analista da TNT, deu o apelido “The Matrix” durante seu ano de novato.
Esse verão, ele está para começar um trabalho num reality show sobre sua vida e as mulheres envolvidas nela.
Sua coleção de DVD’s é seu mais valioso bem.
Seu dedinho está muito deslocado. Sua digital parece estar mais horizontal do que vertical.

JASON KIDD #2, Armador
Na idade de 21 anos, ele gravou um rap “What the Kidd Did” (O que Kidd fez). Nowitzki disse que é a pior gravação que ele já ouviu.
Ele gosta de boliche. Kidd participou em uma liga com Vince Carter quando os dois eram colegas de time em Nova Jersey.
Kidd cresceu numa casa de classe média perto do Oakland Coliseum. Sua família possuía alguns cavalos e ele ajuda a manter o haras.
Seu filme favorito é “A Bronx Tale” (Desafio em Bronx) e seu ator favorito é Don Cheadle.
Ele escolheu jogar futebol em vês de basquete até a terceira série.

TYSON CHANDLER #. 6, Pivô
Ele passou vários anos de sua juventude na fazenda de seu avô.
Chandler media 6’4’’ (1.93m) com 11 anos de idade. Ele era tão alto que em um Halloween uma casa se recusou a lhe dar doces porque não acreditaram que ele era uma criança.
No seu ano primeiro ano no high school (ensino médio), Chandler apareceu num programa de TV chamado “60 Minutes” por causa de sua crescente fama como estrela do basquete.
Sua avó é descendente de alemã.
Ele aprecia pintar quadros no seu tempo livre.

JOSE JUAN BAREA #11, Armador
Ele está namorando a Miss Universo 2006, Zuleyka Rivera
Seus filmes favoritos são “Wedding Crashers” (Penetras Bons de Bico) e “The Notebook” (Diário de uma Paixão).
Quando jovem, idolatrava Michael Jordan. Ele teve a oportunidade de conhecer Jordan alguns anos atrás.
Durante o terceiro ano do ensino médio, Barea se mudou de Porto Rico para Miami na esperança de conseguir atrair atenção de algum técnico de basquete universitário.
Barea teve um caso sério de mononucleose perto de um jogo de campeonato no ensino médio. Apesar de perder 20 libras (+- 10kg) e ser advertido pelo médico a não jogar, Barea jogou.

COREY BREWER #13. Ala-armador
Ele foi campeão da NCAA com a Universidade da Flórida em 2006 e 2007.
Pouco tempo de assinar seu contrato de novato com o Minnesota Timberwolves, Brewer construiu uma casa para sua família.

Uma placa numa rodovia na sua cidade natal em Portland, Tenn., reconhece sua vitória de “Most Outstanding Player” na ’07 Final Four da NCAA.
Quando jovem, Brewer ajudou seu pai na plantação de tabaco na fazenda de sua avó no Tennessee.

PEJA STOJAKOVIC # 16, Ala
Ele é casado com a modelo grega Aleka Kamila.
Seu primeiro nome é Predrag (Pray-drog).
Quando jovem, Stojakovic idolatrava o então jogador da NBA, Vlade Divac. Os dois se tornaram amigos próximos quando colegas de time no Sacramento Kings.
Quando tinha 16 anos, Stojakovic e sua família fugiram para a Grécia depois que a guerra civil demoliu sua casa onde hoje a cidade é conhecida como Pozega, Croácia.
Stojakovic possui dois restaurantes na Grécia e tem investido em energia solar lá.

IAN HAMINMI #. 28, Pivô
Nasceu e se criou em Rouen, França. Sua mãe é jamaicana e seu pai nasceu em Benin.
Mahinmi se conforma com ambas pronúncias de seu nome, inglesa (Ian) ou francesa (Yan)
Seu filme favorito é “Remember the Titans” (Duelo de Titãs)
Um motivo significante para Mahinmi assinar com os Mavericks nessa temporada é sua grande amizade com Roddy Beaubois.
Ele gosta de viajar e lista Grécia como sendo seu destino predileto.

JASON TERRY # 31. Ala-armador
Ele tem uma tatuagem do troféu Larry O’Brien, de campeão da NBA, no seu bíceps direito.
Graduado na Universidade do Arizona, Terry gostaria de ser técnico assistente no seu antigo time universitário quando se aposentar.
Ele atualmente treina o time de basquete de uma de suas filhas chamado AAU.
Terry usa uma faixa na cabeça por que Slick Watts, um de seus professores, usava também.
Martin Lawrence e Halle Berry são seus atores favoritos.

BRENDAN HAYWOOD # 33, Pivô
Ele tocava saxofone da sétima até a nona série.
Haywood idolatrava Magic Johnson quando jovem. Quando ele descobriu que Johnson tinha HIV, sua mãe disse que ele ficou tão devastado que uma pessoa pensaria que alguém próximo dele tinha morrido.
Haywood considerou entrar na Universidade de Miami porque ele gosta bastante do programa de futebol americano de lá.
Ele considera um buzzer-beater contra o New York Knicks como sendo seu melhor momento na carreira por que ele cresceu torcendo pelos Knicks.
Um dos seus hobbies favoritos é ler.

BRIAN CARDINAL #, Ala-pivô
Recebeu seu apelido, “The Custodian”, do seu colega Jerome Williams quando jogava pelo Detroit Pistons.
Cardinal era gandula do time de Illinois que chegou ao NCAA Final Four em 1989.
Durante sua carreira de 11 anos, Cardinal recebeu certa de 38 milhões de dólares.
Ele e sua esposa recentemente compraram uma fazenda perto de Indianapolis.
Sem ter certeza se voltaria à NBA nessa temporada, Cardinal conversou com Matt Painter sobre a possibilidade de ser seu assistente.

DIRK NOWITZKI # 41, Ala-Pivô
Quando jovem gostava de jogar tênis e handebol.
Seu mentor e amigo próximo, Holger Geschwindner, é conhecido por ensinar Nowitzki os fundamentos do jogo quando Nowitzki era adolescente.
Ele é o segundo esportista alemão mais bem pago, atrás da lenda da Fórmula 1 Michael Schumacher.
Ele tocou saxofone durante um longo tempo, mas parou depois de ter um dente quebrado durante um jogo.
Embora ele não tenha nenhuma filho, Nowitzki gostaria de formar uma família no futuro.

DESHAWN STEVENSON # 92, Ala-armador
O técnico do Kansas, Roy Williams, chamou Stevenson de “o mais talentoso novato”. Apensar de nunca ter jogado para Williams, optando por entrar no Draft da NBA em 2000.
Stevenson tem mais de 100 tatuagens, fazendo a primeira quando ele tinha 18 anos.
Ele tem uma tatuagem do Pittsburgh Pirates (time da MLB) e uma imagem de Abraham Lincoln na sua garganta.
Ele tem discutido com LeBron James, ala do Miami Heat, em várias oportunidades.
Durante seu último ano na high school, Stevenson teve médias de 30.4 pontos, 9.7 rebotes e 6.2 assistências por jogo.

RICK CARLISLE, Técnico Principal
Carlisle foi de não receber uma única oferta de bolsa escolar para atuar na primeira divisão de basquete até ser titular do time da Universidade da Virginia que chegou ao Final Four de 1984, na NCAA.
Ele considera Chuck Daly, Larry Bird e Bill Fitch como sendo as pessoas que mais influenciaram na sua carreira de técnico.
Ele nunca usa seu anel de campeão dos tempos em que jogava no Boston Celtics.
Tin Star é o seu restaurante favorito em Dallas.
No primeiro encontra que teve com sua esposa, Carlisle a levou para um “Grateful Dead Show” em Washington, D.C. e os dois sentaram no palco.

MARK CUBAN, Proprietário
Seus primeiros trabalhos quando jovem foram vender sacos de lixo e leite em pó.
Cuban já apareceu em programas de TV como “Entourage”, “The Simpsons”, “Dancing with the Stars” e “Walker, Texas Ranger”.


Ele esteve nas manchetes em 2009 por entrar em confusão com a mão do Kenyon Martin. Foi noticiado que Cuban se referiu a Martin como “bandido” e “punk”.
Depois de se mudar para Dallas em 1982, trabalhou como barman.
Seu maior salário veio em 1999 quando ele vendeu o site Broadcast.com para o Yahoo por mais de 5 bilhões de dólares.

Tradução feita por: Jonatham Alencar
Fonte:DallasNews 

Leave a Reply

Gostou da postagem? Então comente!

 

Siga nosso blog

Arquivos