25 de jun de 2009

Draft 2009: Do céu ao inferno em 10 minutos

0 comentários
21h03, começando o Draft atrasado. Antes de mais nada, alguns pensamentos sobre o dia:

- Ontem foi o aniversário de dois anos do MavsCenter! Parabéns para nós!

- Shaq no Cavs. Surpreendente, mas não deve funcionar. LeBron joga principalmente na infiltração, O’Neal joga no garrafão. Dois corpos não ocupam o mesmo lugar.

- Vince Carter no Magic: Boa troca, mas se o Orlando pensa que Carter substituirá Turkoglu (que é free agent), estão enganados. Turkoglu é o facilitador da equipe, ele que faz o Orlando ser o Orlando. Sem ele, adeus Finais.

Vamos ao que interessa – o Draft!

1ª escolha - Clippers: Blake Griffin, PF. Sem surpresas aqui, é o melhor jogador da noite. Pena que ele vai pra franquia mais azarada do universo.

2ª escolha – Grizzlies: Hasheem Thabeet, C. Escolha fácil também. É difícil achar pivôs de 2m19, ainda mais um habilidoso como Thabeet.

3ª escolha – Thunder: James Harden, SG. Opa, opa! Primeira surpresa da noite. Todos (inclusive eu) achavam que Ricky Rubio seria a escolha aqui. Mas pelo visto, o Thunder confia em Westbrook. Harden é o melhor talento pra SG no Draft, era a melhor escolha para Oklahoma City já que Thabeet foi escolhido antes.

4ª escolha – Kings: Tyreke Evans, SG. Escolha um pouco estranha do Kings, mas justificável. Evans pode jogar de PG e com certeza fará uma dupla bastante explosiva com Kevin Martin.

5ª escolha – Wolves: Ricky Rubio, PG. Uou. Hola, señor Rubio, usted está mal. Para quem seria a segunda escolha, a quinta foi uma queda e tanto. Ainda mais levando em conta a 6ª escolha...

6ª escolha – Wolves: Jonny Flynn, PG. ...que nada mais é do que a “sombra” de Rubio. Agora, com dois PGs novatos, será que o Wolves opta por negociar um deles?

7ª escolha – Warriors: Stephen Curry, PG. Mais um armador ofensivo? Beleza. É nesta temporada que o Don Nelson entra com 5 armadores em quadra e perde por 170 a 50. Isto pode me cheirar a troca. Estava rondando um rumor envolvendo Amar’e Stoudemire por Andris Biedrins e esta escolha. Será que rola?

8ª escolha – Knicks: Jordan Hill, PF. Mais uma escolha curiosa. Vi inúmeros mock drafts e quase nenhum ligava o Hill ao Knicks. Mas, com o jogo ofensivo dele, pode dar certo no esquema de Mike D’Antoni.

De acordo com Ric Bucher, da ESPN, o Wolves vai manter os dois armadores. Sabe Deus o que eles estão pensando...

9ª escolha – Raptors: DeMar DeRozan, SG. Escolha sábia pelo time canadense. Precisavam de um pontuador de perímetro, conseguiram um dos melhores do Draft.

Acabei de ver: Kings adquire Sergio Rodriguez pela 31ª escolha e outras peças. Boa troca, Rodriguez é um bom PG.

Amo o Twitter. Kevin Love entrega tudo. Acabou de postar “Vince Carter de volta pra Toronto?” Será que tem algo a vista?

10ª escolha – Bucks: Brandon Jennings, PG. O “euro-americano” marca o fim da era Luke Ridnour na gelada Milwaulkee. Resta saber se um menino que preferiu jogar na Europa do que na NCAA se sairá bem na NBA. Pode iniciar uma nova moda.

Uau. Rumor mais interessante da noite? Ricky Rubio por David Lee! E esquenta mais ainda o nome de Nick Calathes pro Mavs...

11ª escolha – Nets: Terrence Williams, SG. O sucessor de Vince Carter. Williams pode não ter o mesmo repertório ofensivo que VC, mas é um defensor melhor, com um quê de Artest em seu jogo.

12ª escolha – Bobcats: Gerald Henderson, SG. A resposta na posição 2 de um time carente desde a negociação que levou Jason Richardson para Phoenix.

Quase tudo confirmado. Stoudemire irá mesmo para o Warriors na semana que vem. Curry, Biedrins e outros jogadores do Warriors (Belinelli ou Brandan Wright) serão enviados para Phoenix.

13ª escolha – Pacers: Tyler Hanbrough, PF. Uma pena. Boa escolha pro Pacers, mas eu ainda sonhava com ele num uniforme do Mavs. Grande jogador na NCAA, meu favorito neste Draft. Espero que ele se dê bem em Indiana, ao lado de Danny Granger.

14ª escolha – Suns: Earl Clark, SF. Um dos jogadores com maior potencial no Draft, deve substituir Marion como o ala-faz-tudo do Suns. No entanto, as comparações mais recorrentes feitas a Clark o assemelhavam a Tim Thomas. Mau sinal pro Suns...

15ª escolha – Pistons: Austin Daye, SF/PF. Surpresa de novo! Todos davam como certa a escolha de BJ Mullens aqui, mas o Pistons surpreende e vai de Daye. É o fim para Tayshaun Prince e, possivelmente, do Bad Boys Pistons II. Gostava daquele time, pena acabar assim.

16ª escolha – Bulls: James Johnson, PF. A arma no garrafão que faltava pros Baby Bulls? Talvez. Mas ainda estou surpreso que BJ Mullens está no quadro. O Bulls também estava interessando no pivô de Ohio State.

Acabo de ver que a troca Wallace-por-Chandler ainda vive e pode envolver as escolhas das duas equipes (Suns e Hornets). Será que Earl Clark não fica em Arizona por muito tempo?

17ª escolha – Sixers: Jrue Holiday, PG. Com o futuro de Andre Miller no ar, o Sixers faz uma boa escolha e garante o sucessor/reserva de Miller.

Wolves vai manter Flynn e Rubio para emular o que Detroit teve na década de 80 com Isiah Thomas e Joe Dumars. Boa sorte para eles, só colocaram uma carga inesperada sobre os dois novatos, comparando-os com dois Hall-da-Fama.

18ª escolha – Wolves: Ty Lawson, PG. Mais um armador? Meu Deus. Não tem nenhum troca a caminho mesmo? Bom jogador, escolha equivocada. Muito equivocada.

Está explicado. Lawson será enviado para o Denver Nuggets por uma futura escolha de primeiro round que pertencia ao Charlotte Bobcats.

19ª escolha – Hawks: Jeff Teague, PG. Sem Claxton e Law, precisavam de um reserva para Bibby e conseguiram um dos bons. Ou seria um substituto? Vamos ver, 1º de julho está chegando.

20ª escolha – Jazz: Eric Maynor, PG. Outro PG escolhido. Boa escolha do Jazz, não quis forçar a barra trazendo algo que não precisasse. PGs bons são raridade e agora Utah tem dois. Também mostra a confiança deles em re-assinar Okur e Boozer.

21ª escolha – Hornets: Darren Collison, PG. O reserva que “mamãe pediu a Deus” para Chris Paul. Com certeza será uma dupla muito boa de armadores para o Hornets.

22ª escolha – Blazers: Victor Claver, SF. Eu não acredito em mais nada neste Draft. Claver era cotado para ser segundo round e foi no que seria a escolha do Mavs. Bizarro, estranho e inesperado, como tem sido todo este Draft.

23ª escolha – Kings: Omri Casspi, SF. O motivo por trás da troca de ontem entre Blazers e Mavs. O ofensivo ala israelense melhora automaticamente o ataque do Kings.

Agora é o momento da verdade. Precisamos de um pivô e o segundo melhor do Draft está disponível! Confio em você, Donnie!

24ª escolha – Mavs: B.J. Mullens, C. A escolha perfeita. Nosso buraco no miolo do garrafão foi sanado. Chega de Dampiers, Basses e Diops. Mullens vem e assume o garrafão do Mavs direto. Tem potencial, é jovem e já pode contribuir. Perfeito, perfeito.

25ª escolha – Thunder: Rodrigue Beaubois, PG. O francês é tido como um Rondo com arremesso. Bom armador, com certeza terá um futuro na NBA. Talvez com o Thunder...

Talvez com o Mavs! Ric Bucher traz que Beaubois será trocado pelo próprio Mullens... Isso não é legal.

26ª escolha – Bulls: Taj Gibson, PF. Mais um jogador de garrafão pro Bulls, que reforça ainda mais a linha de frente. (Ainda estou em choque com nossa incapacidade. Por favor, que Bucher esteja errado)

Confirmado. BJ Mullens, nosso futuro-ex-pivô, é do Thunder. Marcha fúnebre, por favor.

27ª escolha – Grizzlies: DeMarre Carroll, PF. Escolha estranha do Grizzlies. Já contam com Darrell Arthur e Hakim Warrick na 4 e, com DeJuan Blair no quadro, escolhem Carroll? Difícil de entender este Draft.

28ª escolha – Wolves: Wayne Ellington, SG. Um pontuador com pedigree de campeão sempre é bem vindo. Boa escolha do Wolves, fortalecendo ainda mais a armação.

29ª escolha – Lakers (escolha vendida para o Knicks): Toney Douglas, PG/SG. Uma espécie de Jason Terry, Douglas deve ser um dos alvos preferidos de LeBron James (caso James vá para New York).

Darko Milicic irá fazer companhia para Douglas em Nova Iorque. Acabaram de confirmar que o pivô será trocado por Quentin Richardson.

Cuban acaba de dizer via Twitter que conseguiu quem queria e que ainda tem mais umas escolhas de segundo round à vista. Segundo ele, “espero que não tenhamos acabado ainda!”. Também esperamos, Cuban.

30ª escolha – Cavaliers: Christian Eyenga, SF/PF. Um ala congolês na última escolha. Como qualquer africano, tem uma capacidade atlética acima da média. E só.

Chega ao fim mais um Draft frustrante para o Mavs. Ainda não posso acreditar que tivemos um pivô por 10 minutos, mas c’est la vie!

Até o ano que vem!

Leave a Reply

Gostou da postagem? Então comente!

 

Siga nosso blog

Arquivos