27 de dez de 2010

Kevin Durant vs Defesa dos Mavericks

1 comentários

Tão fenomenal quanto a última temporada foi para Kevin Durant, ele ainda não conseguiu tirar uma pedra do seu sapato: a defesa dos Mavericks.

Desde que Durant entrou na liga como novato com o Seattle SuperSonics até sua terceira temporada quando surgiu como um genuíno candidato a MVP com o Oklahoma City Thunder, Durant tem encontrado mais dificuldade contra o Dallas Mavericks mais que qualquer outro time na liga - e isso quando os Mavs eram considerados apenas defensores decentes.

Na sua carreira, ele possui uma média de menos de 20 pontos por jogo apenas contra dois times - Dallas (18.7) e Orlando (17.6), mas ele jogou contra os Mavs (11 partidas) mais que o dobro que com o time da Flórida (5 partidas). Seu aproveitamento também só menor que 40% contra esses dois times: 37% (68 de 182) contra os Mavs; 37.4 (30 de 81).

A última temporada foi ainda pior contra o Dallas para o impressionante Kevin Durant. Ele acertou apenas 31.7% (26-82) dos seus arremessos de quadra calculando uma média de 22.5 pontos por jogo - próximo de 8 pontos menos que sua média na temporada - e 4.5 turnovers.

Mas como os Mavs (23-5) vão para Oklahoma City (21-10) nessa segunda-feira a noite pela segunda vez nessa temporada, o único jogo que o Dallas lembra é o último. Durant anotou 32 pontos e fez 12-20 de FG. O time do Texas venceu por 111-103, com uma firme e constante defesa no quarto quarto, mas o líder em pontuação da liga fez finalmente algum dano.

"Ele consegue seus arremessos com um grande variação, de 3, de 2, em transição," Jason Terry disse. "O que nós temos que fazer é dificultar o máximo; defensivamente fazer ele trabalhar e no ataque nós apenas temos que colocar pressão nele e tentar cansar ele um pouco."

O Denver Nuggets veio com a mesma ideia, mas Durant marcou 44 pontos na vitória por 114-106 na rodade de Natal.

"Denver fez tudo o que você pode imaginar em cima dele," disse Dwane Casey, o coordenador da defesa dos Mavs que irá ser o técnico hoje por causa de uma pequena artroscopia no joelho que Rick Carlisle fez na última semana. "Nós temos que ser criativos, usar diferentes marcadores com um cara como aquele. Por que uma vez que o cara pega o jeito é difícil pará-lo. Não só isso, ele é muito aberto a passar a bola e quando você tem parceiros como James Harden, Russel Westbrook, Jeff Green isso pode pular em cima de você e vencer por 20 pontos."

One Response so far.

  1. Carlos Feliciano says:

    Marion vem fazendo um bom trabalho defensivo nessa temporada contra os grandes scorers adversários. Na ultima partida entre Mavs e Thunder, trabalhou muito bem em cima do Durant nos minutos finais. Espero que hoje não seja diferente.

    Abraços

Leave a Reply

Gostou da postagem? Então comente!

 

Siga nosso blog

Arquivos