20 de jun de 2009

Nelson nega conversas com Varejão

0 comentários
Um blog brasileiro afirmou durante a semana que o ala-pivô Anderson Varejão, que é free-agent irrestrito, já conversou duas vezes com o Dallas Mavericks, inclusive tendo recebido uma oferta. O gerente geral do Mavs, Donnie Nelson, no entanto, negou com veemência as acusações.

"Eu tive duas conversas com Mark Cuban este mês e ele me ofereceu um contrato de três anos, no valor de 11 milhões de dólares (19 milhões de reais). Mas eu disse a ele que gostaria de permanecer em Cleveland e que, se o Cavs não me quiser mais, aí eu analisaria a proposta", alega Varejão.

Uma fonte próxima ao jogador afirmou que ele nunca disse essas palavras, muito menos conversou com Cuban. Caso o Mavs entre em contato com Varejão antes de 1º de Julho, eles podem ser acusados pela NBA de tampering - que nada mais é do que negociar contratos com jogadores antes do período determinado.

"Eu não posso e não irei comentar sobre nenhum jogador nestas circunstâncias", afirmou o gerente geral, Donnie Nelson. "Eu só posso dizer que uma conversa com um jogador como essa só traria problemas para o time. Não tem sentido. Não tem motivação. Isso não aconteceu".

Leave a Reply

Gostou da postagem? Então comente!

 

Siga nosso blog

Arquivos