3 de out de 2008

Carlisle quer Mavs jogando com raça

0 comentários
Mais um ano, mesmo discurso. Os jogadores do Dallas Mavericks mais uma vez prometem terem mais raça e não aceitarem qualquer coisa dentro de quadra. Desta vez, no entanto, a intensidade promete ser diferente, pelo menos no que depender de Rick Carlisle.

Depois de terem alguns dias para assimilarem a mensagem do novo comandante, os Mavs estão prontos para colocá-la em prática. O exemplo a ser seguido? Bruce Bowen. Carlisle quer que seus jogadores defendam tal qual o ala do San Antonio Spurs - ainda que isso venha com a péssima fama que acompanha Bowen.

"(Desde Detroit) ele tem isso", disse o ala Jerry Stackhouse, que já jogou sob o comando de Carlisle nos Pistons de 01-02. "Nós não gostávamos dos adversários. Fazíamos um esforço coletivo de não ver os adversários antes do jogo".

Stack ainda disse que essa mentalidade é compartilhada por outros jogadores da liga. "Caras como LeBron James, eles te abraçam de manhã e de noite querem te matar. Muitos caras do nosso time podem fazer isso".

Tanto técnico quanto jogador acreditam que isso é possível. "Como começar? Eu acho que odiando a oposição é um bom começo", disse Carlisle.

Westphal promovido

O assistente técnico Paul Westphal foi promovido pela diretoria ao cargo de vice-presidente de operações de basquete. Ele irá assessorar Donnie Nelson em todos os aspectos relacionados ao basquete. O ex-jogador traz uma vasta experiência consigo - 12 anos como jogador e mais 25 como técnico. "Agora, Paul tem a chance de trazer todo esse conhecimento para a gerência do time e os Mavericks já são um time melhor só por causa disso", disse Nelson.

Leave a Reply

Gostou da postagem? Então comente!

 

Siga nosso blog

Arquivos