12 de mai de 2012

Rumores pós temporada

0 comentários

Não, não precisa preocupar-se... Até onde eu sei nenhuma "Mavs Dancer" deixará o nosso time. Mas se sair, não se preocupe outra bem gostosa entrará no lugar, e isso que importa! Só pus essa foto pois estava sem criatividade para escolher outra. E nada melhor do que desfrutar da beleza das nossas dançarinas. Então vamos falar nos rumores que estão rondando o nosso time querido do Texas.
Sobre Brendan Haywood...

Brendan Haywood sabe que ele será um candidato cláusula de anistia, logo que viu o novo acordo de negociação coletiva. Certamente não ficará surpreso se os Mavericks conseguiram dispensá-lo neste verão.

Está praticamente garantido que acontecerá se os Mavs convencer Deron Williams para se juntar Dirk Nowitzki no Dallas.

"Eu não tenho controle sobre isso," Haywood disse durante uma entrevista de terça-feira na ESPN Dallas 103,3 's Ben e Show. "Eu gostava do meu tempo em Dallas. Eu fazia parte de um time campeão. Se isso acontecer, acontece, e eu vou ter que seguir em frente e continuar a tentar avançar na minha carreira em outro lugar. Se isso não acontecer, eu ficarei feliz em estar de volta. Eu realmente não tenho uma opinião sobre isso porque é fora do meu controle."

"Eu não vou ficar ofendido se eles fizerem isso, porque eu sei o que eles estão tentando fazer. Eles estão tentando renovar a equipe na mosca, manter Dirk volta, trazer outro superstar, talvez dois. E se esse for o caso, eles têm que liberar todo mundo. "

Haywood deve fazer um salário de 8,35 milhão dólares na próxima temporada. Mas como a maioria dos Mavs, ele não tem certeza onde ele vai jogar na próxima temporada.

"Basicamente, nós não poderia estar de volta no próximo ano e ninguém sabe ainda," Haywood disse. "Esse é o lado do negócio dele. Você tem que apenas ir para o horário de verão, desfrutar do seu tempo fora, prepare-se para a próxima temporada e se você estiver lá, coloque o seu tudo para ele. Se você não for, coloque o seu tudo em outra equipe. "

Sobre Rodrigue Baubois...

Rodrigue Beaubois está indo para casa em Guadalupe e passar tempo com sua mãe e sua família após a morte prematura de seu pai em fevereiro.

Então este verão torna-se um importante momento para o jovem armador que está vindo em cima do último ano de seu contrato com o Dallas Mavericks: descansar, planejar, refletir, e procurar começar a temporada em forma.

"Eu sei que uma coisa é este verão vai ser realmente importante para mim", disse Beaubois. "Eu vou começar a planejar meu verão e certifique-se que eu faço tudo que posso para voltar pronto. Vai ser o primeiro verão que eu serei capaz de trabalhar fora, então eu vou fazer tudo que posso para estar de volta saudável , em forma e pronto para ir. "

Dois anos atrás, Beaubois fraturou o pé esquerdo quando jogava pela seleção da frança em preparação para o Copa do Mundo de 2010. Ele perdeu dois terços da temporada 2010-11 e, em seguida, machucou denovo o pé no final da temporada e perdeu os playoffs inteiros. A segunda cirurgia foi no verão passado e o impediu de voltar a quadra de basquete até dezembro.

Suas contribuições na quadra nesta temporada foram novamente mínima, temperada pelos flashes ocasionais. Agora tá na mão da direção dos Mavs resolver se ele pode ser um contribuinte consistente.

"Agora nós precisamos mais do que nunca dele", disse o presidente de operações de basquete Donnie Nelson durante uma aparência segunda-feira em Dallas Ben ESPN 103,3 FM. "Ainda estamos empolgados com Roddy. Ele é um dos mais rápidos jovens armadores da NBA e ele ainda está em desenvolvimento."

Donnie diz isso do Roddy pois Jason Kidd, Delonte West e Jason Terry são agentes livres. E, claro, os Mavs irá olhar para apanhar o All-star Deron Williams no livre-arbítrio vem de Julho.

Mas o fato é que Beaubois continua a ser uma esperança, provavelmente ficará para a próxima temporada caso não pegue um salário muito grande. Roddy jogou a maioria do seu tempo nesta temporada na armação. Ele obteve a média elevações da carreira em pontos (8,9), assistências (2,9) e minutos (21,7).

"Eu não posso te dizer o que vai acontecer, mas obviamente eu sei que este verão vai ser grande para mim", disse Beaubois. "Eu tenho que trabalhar muito e ter certeza que eu estou pronto, porque se lá se eles me dão espaço eu vou ter que estar preparados para isso."

Sobre Dominique Jones...

Quando Mark Cuban e Donnie Nelson concordou em enviar R $ 3 milhões para o Memphis Grizzlies para entrar na primeira rodada e pegar o armador Dominique Jones no projecto de 2010, o movimento foi recebido com entusiasmo.

"Estamos muito animado para adicionar Dominique para a nossa organização", Donnie Nelson, presidente   de operações de basquete dos Mavs, disse que na noite de junho de 2010. "Ele é 6-4 com uma envergadura 6-9 e pode fazer um pouco de tudo. Ele pode pontuar, ele pode se recuperar e sua relação assistência-ao volume de negócios é excepcional."

Porém não se mostrou tão eficaz, e nem confirmou os elogios que recebeu quando veio ao Texas. Claramente abaixo dos outros armadores dos Mavericks nas duas últimas temporadas, Jones fez muito pouco para se diferenciar.

A primeira escolha do draft anterior foi deixada de lado no plantel ativo para dar mais espaço para o estreante Kelenna Azubuike, que jogou um total de 18 minutos em três jogos no final da temporada. Com os Mavs ele assinou em 23 de março com uma opção prorrogar para a próxima temporada.

Jones, de 23 anos, vai ter o seu último ano para mostrar serviço e convencer a equipe de Dallas. Em 2013-14, os Mavs tem a opção de dispensá-lo para criar espaço no teto salarial.

Jones é um penetrador bom, ele apressa e pode jogar nas duas posições de guarda. Mas seu maior problema é uma característica fundamental armadores: Ele não tem um bom arremesso. Ele disparou abaixo dos 40 por cento na última temporada, e por isso, Jones foi o último homem a ser testado pelo técnico Rick Carlisle nos jogos da temporada passada.

Sobre Ian Mahimi...

Ian Mahinmi espera não ter jogado seus últimos jogos como um Maverick. Os Mavs teve um salário mínimo com Mahinmi 2 anos atrás, após o Spurs voluntariamente deixar a sua escolha na primeira rodada anterior ir. Ele desenvolveu-se um homem sólido grande, com média de 5,8 pontos e 4,8 rebotes em 18,7 minutos por jogo nesta temporada, o que o coloca em posição de obter um aumento significativo como um agente livre.

"Obviamente que se passaram dois anos grandes para mim", disse Mahinmi. "A organização Mavs realmente me deu a chance de jogar e mostrar ao mundo o que posso fazer, então eu realmente quero ficar aqui. Mas por outro lado, você sabe que a NBA é um negócio. Nós todos sabemos que eles vão tentar fazer o melhor da NBA. Agora, eu não sei se estou nos seus planos, mas a mim, eu realmente quero ficar aqui. "

Brandan Wright é o único dos pivô, que deve ser mantido no plantel para a próxima temporada. Enquanto Wright apesar de ter jogado como um reserva que tem poucos minutos, e descartado dos jogos nos playoffs, sua opção da equipe para a temporada de salário mínimo que vem ainda é uma pechincha. E por isso deve ser mantido.

Se os Mavs descartar Haywood, não seria necessariamente aumentar as chances de Mahinmi retornar. Os Mavs pode ver Wright como um centro de segurança e tentar usar os seus recursos para encontrar outro pivô "quebra-galho" a um custo razoável.

Sobre Jason Kidd...

Com o calendário apertado por causa do lock-out nessa temporada, fez com que o corpo de Kidd (39 anos) não correspondesse ao seu rendimento esperado. Ele lidava com uma variedade de lesões irritantes, enquanto uma baixa média de pontos na carreira de pontos (6,2), assistências (5,5) e rebotes (4,1).

Mas Kidd em sua carreira tem números superior aos escritos acima, (11,5 pontos, 6.1 rebotes e 6.0 assistências) e está confiante que pode ajudar e muito uma equipe na próxima temporada. Ele virou free-agent e está procurando um bom ajuste. Jason Kidd pretende não ser só titular mas o principal armador do time, como sempre foi nos times em que jogou. Ele acredita que tem muito basquete pra jogar ainda, e que não quer ser um "banco de luxo" de algum time.

"Vou fazer campanha para Most Improved Player do ano que vem", brincou Kidd. "Vocês estão rindo. Estou falando sério. "

Kidd é completamente sério em sua crença de que ele ainda pode contribuir para os companheiros. Se isso significa servir como um reserva para um All-Star, Kidd disse que seu ego pode lidar com isso.

No entanto, Kidd admite que seria um grande ajuste, considerando o seu espírito competitivo.

"Eu provavelmente teria de falar com Don Kalkstein muito", disse Kidd, referindo-se ao psicólogo dos Mavs. "Ele me ajudou a conseguir o prêmio esportivo, para que ele possa definitivamente lidar com esse trabalho."

Em uma nota séria, Kidd disse: "Se eu fosse jovem, provavelmente seria duro. Mas entender e fazer ajustes, como profissional, você tem que aceitar o seu papel, e isso é o que eu fiz, estou ficando mais velho, e por isso, se isso significa sair do banco, então eu posso lidar com isso. Isso é apenas mais um desafio, e essa é amaneira que eu iria olhar para ele. "

Sobre Shawn Marion...

Shawn Marion sabe que ele pode ser vítima da cláusula de anistia neste verão e ser forçado a retomar sua carreira em outro lugar na próxima temporada. Porém mesmo diante dessa possibilidade Marion diz:  "Eu sou um Maverick Dallas agora. Isso é tudo que importa."

Acho que para o bem de ambas partes Marion deve ficar, é um defensor nato, além de ser um dos mais determinados do time. Nessa temporada que terminou, foi o único do time que voltou no mesmo rítmo após a conquista do campeonato. Como o própio Shawn disse, "eu sou um Maverick" então, que Dallas não crie dificuldade para renovar com o nosso ala que tem o arremesso mais bonito do mundo!

Leave a Reply

Gostou da postagem? Então comente!

 

Siga nosso blog

Arquivos