23 de mar de 2012

PARABÉNS, JASON KIDD !!!

2 comentários




Hoje, o armador do Dallas Mavericks e segundo maior assistente da história da NBA, com 11,781 assistências na carreira, Jason Kidd está completando 39 anos de muitas conquistas e glórias.


Jason Kidd nasceu em São Francisco, Califórnia. É filho de Steve e Anne Kidd e tem duas irmãs mais novas: Denise e Kim.
Kidd teve uma infância confortável e tranquila com sua família e o primeiro esporte que lhe interessou foi o futebol. Só que, na terceira série, Kidd começou a jogar basquete com meninos mais velhos, e atribui isso a um dos fatores que o ajudaram a ser um grande armador, já que, para garantir que o chamariam para jogar no outro dia, Kidd tentava deixar os companheiros de time numa posição favorável a pontuar.

Na Universidade

Em seu primeiro ano de universidade, Jason Kidd manteve médias de 13.0 pontos, 7.7 assistênciass, 4.9 rebotes e 3.8 roubos de bola por jogo, o que lhe garantiram o prêmio de "novato" do ano. A atuação de Kidd garantiu à Universidade um lugar no torneio da NCAA, quando foram eliminados na segunda fase.
Em seu segundo ano de universidade, Kidd melhorou mais suas médias e terminou a temporada com 16.7 pontos, 6.9 rebotes, 9.1 assistências e 3.1 roubos de bola. Assim, garantiu sua vaga no First Team All-American (primeiro time americano) e levou o time, novamente ao torneio da NCAA. Ao final da temporada, Kidd resolveu se inscrever no draft da NBA de 1994.
Em 2004, Kidd teve a camisa número 5 retirada pela Universidade de Berkeley

NBA
Antes do draft, Jason Kidd foi preso por se envolver num acidente de automóvel e fugir do local. Jaso não contestou e foi multado em mil dólares, 100 horas de serviço comunitário e ficou dois anos em liberdade vigiada.

O Draft
Em 1994, Kidd se juntou a Grant Hill, Glenn Robinson, Eddie Jones, Jalen Rose e outros como um dos elegíveis do draft da NBA.
A primeira escolha, pertencente ao Milwaukee Bucks, foi ala Glenn Robinson. O Dallas Mavericks, que possuía a escolha seguinte, deixou passar a estrela Grant Hill e escolheu Jason Kidd.
Kidd assinou um contrato de 9 anos, no valor de 54 milhões de dólares com o time do Texas. Além disso, assinou também contratos de publicidade com Nike e Sega Genesis.

Dallas Mavericks

Alguns acreditavam que Kidd não iria querer ficar no Texas, já que o Dallas vinha de duas campanhas terríveis, mas o time trocou de treinador e com a volta do pivô Roy Tarpley, que havia sido suspenso nas três temporadas anteriores por uso de drogas. O time ainda contava com Jamal Mashburn e terminou a temporada com uma camapanha de 36 vitóiras e 46 derrotas. Muito crédito foi dado a Jason Kidd, que terminou a sua primeira temporada com 11.7 pontos, 5.4 rebotes e 7.7 assistências de média, rendendo-lhe o prêmio conjunto com Grant Hill de calouro do ano. O prêmio de calouro do ano nunca foi divido outra vez na história da liga. Além disso tudo, Jason liderou a NBA em número de triplos-duplos, com 4. Jason também foi o único novato a figurar entre os 10 melhores em duas categorias: assistências (10º) e roubos de bola (7º).
Depois de passar por Phoenix Suns,  e New Jersey Nets, Kidd voltou ao Dallas na temporada 2007-08.

A Volta ao Dallas Mavericks

Já na temporada 2007-08, Kidd conseguiu mais três triplos-duplos seguidos, fato que não acontecia desde 1989. Mais para frente nessa temporada, Jason foi envolvido em rumores de trocas, inclusive, tendo seu nome ligado ao Los Angeles Lakers.
Mas quem acabou chegando a um acordo com o New Jersey Nets foi o primeiro time de Kidd, o Dallas Mavericks. A troca inicial que envolvia Devin Harris, Devean George, Jerry Stackhouse,DeSagana Diop, Maurice Ager, duas escolhas do primeiro round do Draft (2008 e 2010) e mais 3 milhões de dólares. Mas, o ala Devean George recusou-se a ser trocado, e não possibilitou a troca envolvendo-o, já que estava previsto no contrato que só seria trocado com seu consentimento. Devean foi substituído por Trenton Hassell e Stackhouse também foi retirado da troca, já que a idéia era que Stackhouse fosse trocado, mas também fosse liberado em seguida, possibilitando sua volta para o Dallas Mavericks, mas a liga proibiu que isso ocorresse. A troca finalmente ocorreu de tal maneira: Jason Kidd e Antoine Wright por Devin HarrisDeSagana DiopMaurice AgerKeith Van Horn (que assinou um contrato só para ser trocado), duas escolhas de primeiro round do Draft e três milhões de dólares.
Após ser derrotado em duas finais com os Nets, parecia que Jason iria se despedir da NBA, de forma injusta, sem nenhum anel. Mas sua redenção veio aos 38 anos com os Dallas Mavericks na tempoarada 2010/2011. O time terminou a temporada na terceira colocação de sua conferência. Nos playoffs o time texado passou por Portland Trail Blazers, Los Angeles Lakers da estrela Kobe Bryant(em uma varrida, 4x0) e na final de conferência ganhou, por 4x1, do Oklahoma City Thunder de Kevin Durant e Westbrook.
Então, aconteceu a terceira final da carreira de Kidd contra o badalado e favorito Miami Heat dos Big 3: Lebron James, Dwyane Wade e Crish Bosh. Na final melhor de 7, o time de Wade saiu na frente com 1 a 0, porém pelo lado dos Mavs se destacava o ala-pivô alemão Dirk Nowitzki, e no segundo jogo veio o empate de 1 a 1 e a série iria para os três jogos no Texas. Em dallas o Miami entrou bem para o terceiro jogo e colocou 2 a 1 na série. Porém os Mavs fizeram uma série de 3 vitórias seguidas, finalizando a série. Destaque e MVP das finais foi Dirk Nowitzki porém Jason teve boas atuações, principalmente cadenciando e distribuindo o jogo com sua habilidade e agora experiência únicas, sempre indo muito bem e se doando bastante, apesar da idade, na defesa, além de chutar bolas de três precisas.
Jason foi o jogador mais velho a jogar como titular uma final e ser campeão.

Prêmios e Destaques


  • Campeão da NBA com o Dallas Mavericks : 2011
  • 10 vezes All-Star: 1996, 1998, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2007, 2008 e 2009
  • 6 vezes time All-NBA:
  • Primeiro time: 5 vezes - 1999, 2000, 2001, 2002 e 2004
  • Segundo time: 1 vez - 2003
  • 9 vezes time defensivo da NBA:
  • Primeiro time: 4 vezes - 1999, 2001, 2002 e 2006
  • Segundo time: 5 vezes - 2000, 2003, 2004, 2005 e 2007
  • Novato do ano 1995 (dividido com Grant Hill)
  • Time de Novatos da NBA 1995
  • 5 vezes líder da NBA em assistências por jogo: 1999 (10,8); 2000 (10,1); 2001 (9,8); 2003 (8,9) e 2004 (9,2).
  • Líder em roubos de bola da NBA em 2002: 175
  • Vencedor do concurso de habilidades do All-Star Weekend 2003


Marcas e Recordes


  • Kidd é o único jogador da história a ter pelo menos 15 mil pontos, 7 mil rebotes e 10 mil assistências na carreira.
  • Jason também é o único a ter 7 temporadas com mais de 700 assitências e mais de 500 rebotes. Os que chegam mais perto são Magic Johnson e Oscar Robertson, que conseguiram tal feito em 6 temporadas.
  • Nas finais de conferência de 2002, Kidd teve médias de 17,5 pontos; 11,2 rebotes e 10,2 assistências, sendo o segundo jogador da história conseguir média de triplo-duplo numa série de playoff de mais de 6 jogos. O outro é Magic Johnson. Kidd repetiu o feito em 2007, na primeira rodada contra o Toronto Raptors.
  • Foi também o segundo jogador da história a ter média de triplos-duplo por toda uma pós temporada, quando teve médias de 14,6 pontos; 10,9 rebotes e 10,9 assitências nos playoffs de 2007. O outro jogador a atingir tal feito foi Oscar Robertson em 1962.
  • Quarto jogador da história a conseguir mais de 10 mil assistência na carreira.
  • Um dos três jogadores da história, junto com Fat Lever e Wilt Chamberlain a conseguir uma atuação de pelo menos 15 pontos, 15 rebotes e 15 assistências num jogo válido pela pós-temporada.





2 Responses so far.

  1. jonatas says:

    kidd ainda será campeão novamente no mavs !!!

  2. kbelucas says:

    Deus te ouça... Kidd o mito!

Leave a Reply

Gostou da postagem? Então comente!

 

Siga nosso blog

Arquivos